Base com formol x Fortalecimento das unhas

13:04 2 Comments A+ a-

Olá lindezas! O post de ontem foi sobre unhas, e dando continuidade com o assunto, nosso papo hoje é sobre a saúde delas, mais precisamente o formol nelas.

Toda mulher já reclamou uma vez na vida sobre a fraqueza das unhas, quebram muito fácil, não crescem, lascam com facilidades, entre outras coisas; ultimamente é normal escutar varias receitas caseiras de manicures, nas rodas de amigas, farmácias e principalmente salões de beleza “mistura formol na base”. Será que ajuda mesmo?


Confesso que já usei muito essas receitinhas caseiras, de primeiro funcionava que era uma beleza, mas depois de algum tempo a unha ficava muito amarelada, e quando quebrava era no “toco” da unha, e o crescimento era mais demorado daquela que quebrou, mesmo assim teimava e passava de novo, porem só entendi o porquê disso com essa pesquisa para explicar a vocês.

Vamos levar em consideração que a Anvisa permite o uso do formal em ate concentrações de 5% com função de base fortalecedora, se a quantidade for menor do cosmético a concentração recomendada é de 0,2%, ou seja, a venda de formol é livre e não precisando ir ate o dermatologista para usar o produto.

A primeira contra indicação é o formaldeído, substancia que causa muita alergia, ele é usado em baixas concentrações e em diversos esmaltes, por isso muitas pessoas tem alergia do cosmético, o formol só perde para o tuleno, que também é outro componente que traz alergias. O formol é indicado quando e para que: ele aumenta a ligação das proteínas (queratinas) que formam as unhas, enrijecendo-as, ou seja, ele torna as unhas mais duras. E faz isso à custa de água, desidratando as unhas. O seu uso é, portanto, indicado apenas nos casos de unhas amolecidas, exemplo único para o uso é quando saímos de um banho prolongado ou de uma piscina (5%).

Antes e Depois
Nos outros casos, o uso da base com formol aumenta o problema de fragilidade das unhas, porque desidrata, ou seja, rouba a água dessa estrutura. Elas ficam endurecidas, porem muito quebradiças podendo piorar porque geralmente  aumenta do uso da base com formol olha eu ai, às vezes até em concentrações acima dos 5% permitidos, com a intenção de reverter o problema. Terceiro problema é o uso crônico que o formol pode trazer, às vezes aparece uma pele dura embaixo das unhas que impedindo o corte sem dor. A pessoa é obrigada a deixar as unhas mais compridas do que gostaria, pois sente dor e apresenta sangramento ao cortá-las curtas. O uso muito prolongado do formol pode, ainda, tornar as unhas amareladas ou doloridas eu ai de novo.

A dica pra mudar o quadro é simples: DERMATOLOGISTA! Procure um de sua confiança, explique o quadro de suas unhas. Espero que a dica de hoje ajude vocês, pra mim foi de grande ajuda.

Sem formol!
Beijokss.

2 comentários

Write comentários
Dani Roberto
AUTHOR
1 de dezembro de 2015 21:12 delete

Que fofo o seu blog, parabéns!
Adorei essa dica para as unhas, as minhas estão muito fracas e quebradiças. Eu não sabia desse fato do formol ser misturado à base. Preciso me atentar a isso, de uns tempos pra cá minha unhas não estão crescendo muito... Obrigada por compartilhar tudo isso conosco, dica super válida.
Um super beijo e sucesso <3

Blog - www.daniroberto.com.br

Reply
avatar
1 de dezembro de 2015 21:48 delete

Oi Dani! Muitissimo obrigada! bjks

Reply
avatar